{{articleDetail.tags[0]}}

{{articleDetail.title}}

Dificuldade
Dificuldade
{{articleDetail.image[0].alt}} {{articleDetail.image[0].alt}}
{{image.alt}} {{image.alt}}

Ingredientes

  • {{ingredient.ingredient}} {{ingredient.quantity}} {{ingredient.unit}}

TEMAS
{{freetag}}

{{articleCapitalLetter()}}

TEMAS
{{freetag}}

Ingredientes

  • {{ingredient.ingredient}} {{ingredient.quantity}} {{ingredient.unit}}

 

Ano após ano, quando chegam os dias quentes, expomo-nos a alguns problemas de saúde. Estamos numa época em que devemos ter cuidado com as mudanças bruscas de temperatura e os golpes de calor. Evitar a desidratação, as insolações e os resfriados é tão simples como fazer prova de bom senso.

Desidratação
Ocorre quando se perde cerca de 2% do peso corporal sob a forma de água (cerca de litro e meio) e aparecem os primeiros sintomas: tonturas, cãibras nas extremidades e diminuição do rendimento e da resistência. Nos casos ligeiros, a ingestão constante de pequenas doses de líquidos é suficiente, mas não se deve abusar das bebidas energéticas ou para desportistas, pois costumam conter muito açúcar e podem piorar a desidratação.

Como prevenção, beba com frequência, não se exponha muito tempo ao sol, nem faça exercício intenso sem beber água antes e durante o mesmo. O ideal é beber água de hora em hora, mais ou menos. Em condições normais, devemos beber cerca de 3 litros de líquidos por dia (1 litro e meio bebido e o resto através dos alimentos). Com as temperaturas altas essa necessidade aumenta: não espere até ter sede.

Insolação
Ocorre quando o corpo é incapaz de manter constante o seu nível térmico após ter sido submetido a temperaturas altas sem proteção. Os sintomas são dor de cabeça, fadiga, tonturas, sede, cãibras musculares, pele húmida e fria (ou suores frios), náuseas, etc. Quando este quadro se agrava, pode produzir-se o chamado golpe de calor. Em caso de insolação, o melhor é deitar-se num lugar fresco e elevar as pernas para que o sangue circule melhor, aplicar panos frios e beber pequenos golos de água.

Resfriados
Nesta época submetemo-nos a níveis de temperatura que diferem mais de 10 graus entre si. Quem nunca se constipou devido à diferença de temperatura entre o ar condicionado no local de trabalho e o calor na rua? Normalmente, respiramos pelo nariz, que aquece o ar exterior e elimina os microrganismos. Mas se a temperatura for muito baixa, não realiza bem a sua função, respiramos então pela boca, aspirando ar frio não purificado. Em caso de constipação, beba muita água para se manter hidratada e aconselhe-se com o seu médico ou farmacêutico.

Como se faz?

TEMAS
{{freetag}}

Quer publicar algum comentário? Registe-se o Iniciar sessão

Publicar

Marta Sánchez

El cuerpo humano está compuesto por un 60% de agua, 18% de proteínas, 6% de minerales y aproximadamente 16% de grasa - esto significa que la proteína es el segundo nutriente más importande de nuestro cuerpo (después del agua).

Responder

Mónica naranjo

Los síntomas aparecen frecuentemente después de la ingesta de productos que contienen lactosa.

Responder

Marta Sánchez

El cuerpo humano está compuesto por un 60% de agua, 18% de proteínas, 6% de minerales y aproximadamente 16% de grasa - esto significa que la proteína es el segundo nutriente más importande de nuestro cuerpo (después del agua).

Responder